Cartazes da Festa do Peão de Barretos ganham exposição no UNIFEB

0
28
Cartazes da Festa do Peão de Barretos ganham exposição no UNIFEB
Cartazes da Festa do Peão de Barretos ganham exposição no UNIFEB

 

Até o dia 14 de agosto, todos podem  conhecer os cartazes oficias e promocionais da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos. Eles estão expostos na biblioteca do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB). Ao todo são 138 cartazes, cedidos pelo Rancho Ponto de Pouso. Localizado no Parque do Peão, o rancho tem a presidência de Bruno Jacintho. Ele  coleciona o material desde a primeira edição do evento barretense.

Assinados por artistas nacionais e internacionais como Oscar Niemeyer, Romero Britto, Ziraldo Alves Pinto, Hans Donner, Manabu Mabe, Siron Franco, Tomie Ohtake,  Justo Aguilera, Marcelo Suzuki, Renato Amisy, Fernando Naviskas, Dado Stuart e Conceição Borges.  Os cartazes artísticos valorizam, através de símbolos, a principal atração da Festa do Peão,  montaria em cavalos e touros.  E também a cultura e tradição do peão de boiadeiro.

A pró-reitora de extensão e cultura do UNIFEB, Maria Paula Barcellos de Carvalho, agradeceu os membros que integram o Rancho Ponto de Pouso, por emprestarem o acervo.  Destacou sobre a influência da cultura no processo de ensino-aprendizagem.

“Esta é mais uma ação do Núcleo de Apoio Cultural da instituição que tem apoio da sociedade e visa o fomento permanente à cultura a fim de favorecer a formação profissional dos alunos”, disse.

            Aberta ao público, a exposição  funciona das 8h às 23h, de segundas às sextas-feiras, e das 8 às 12h, aos sábados.

Foto Nivaldo Júnior

COMPARTILHE
Artigo anteriorFilosofia em tempos inquietos é tema de novo livro do prof. Vlad
Próximo artigoNasar lança “Tempos e Lembranças” no no Arraial do Estoril
Malu
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.