FIT – Festival Internacional de Teatro tem duas peças concorrendo ao Prêmio APCA

0
41
FIT - Festival Internacional de Teatro tem duas peças concorrendo ao Prêmio APCA
FIT - Festival Internacional de Teatro tem duas peças concorrendo ao Prêmio APCA

Duas peças do Festival Internacional de Teatro de Rio Preto – FIT – estão na mira do Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Trata-se de  um dos mais respeitados da área cultural em todo o país.

“Gritos” concorre na categoria Autor (Arthur Ribeiro e  André Curti).  “Jacy” concorre nas categorias Espetáculo e Autor  (Pablo Capistrano e Iracema Macedo). “Jacy”, inclusive, ainda tem  ingressos à venda para sessões durante o Festival. A indicação de 2017 ocorreu no último dia 3.

Encenado pela Cia. Dos à Deux, nos dias 7 e 8, o espetáculo “Gritos” tem concepção, dramaturgia, cenografia e direção de André Curti e Arthur Ribeiro.  Indicados na modalidade Autor. São três poemas gestuais metafóricos, construídos a partir do tema amor. A peça não tem diálogos, e sim gestos, articulando um discurso sem palavras.

Trabalhando com teatro gestual há anos, André e Arthur transformam-se em bonecos de proporções humanas, auxiliados pela marionetista russa Natacha Belova e pelo brasileiro Bruno Dante. Partes dos seus corpos (cabeça, mãos, pés e braços) foram esculpidos em gesso e trabalhados em diferentes materiais.

A peça de teatro documental “Jacy”, narra a história real de uma mulher, a partir de uma frasqueira abandonada em avenida de Natal (RN). Dentro da frasqueira, radiografias, agenda telefônica e a vida de Jacy, 90 anos. Uma mulher que se envolveu em conflitos políticos, atravessou a ditadura militar.  Apaixonou-se por um soldado americano na 2ª Guerra Mundial e morreu no início de 2000.

A pesquisa dos artistas sobre essa mulher revela uma série de coincidências e mistérios.   A encenação mistura realidade e ficção para discutir como a sociedade brasileira prioriza os jovens em detrimento dos mais velhos. O texto é assinado pelos  filósofos Pablo Capistrano e Iracema Macedo, que concorrem também na modalidade Autor.

A montagem será encenada dias 12 e 13, às 21h30, no Teatro Municipal. Ainda há ingressos disponíveis. Para a sessão do dia 12 de julho, os interessados podem comprar os ingressos nas bilheterias. Já para o dia 13, há possibilidade de compra online e presencial.

A Associação Paulista de Críticos de Arte nasceu em 1951.  Voltada para o teatro e hoje premia trabalhos de arquitetura, artes visuais, cinema, dança, literatura, música erudita, moda, música popular, rádio, teatro, teatro infantil e TV.

Prêmio APCA 


Gritos

Dias 7 e 8 de julho
Horário: 21h30
Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

Jacy


Dias 12 e 13 de julho
Horário: 21h30
Local: Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto

COMPARTILHE
Artigo anteriorOlímpia – Bella Capri comemora Dia da Pizza com doação de 200 pizzas para Apae  
Próximo artigoOlímpia divulga a programação completa do Fefol- Festival de Folclore
Malu
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.