Cia. Com-tato traz espetáculos de graça pelo Prêmio Nelson Seixas

0
11
Cia. Com-tato traz espetáculos de graça pelo Prêmio Nelson Seixas
Cia. Com-tato traz espetáculos de graça pelo Prêmio Nelson Seixas

“Lembranças Recortadas Pa Pa Pa” e “Dogmado” serão apresentadas gratuitamente ao público pela Cia. Com-tato.  As apresentações acontecem em dois fins de semana ( abaixo).

As obras são trabalhos solos autorais, com direção e atuação de Vinicius Francês.

“Lembranças Recortadas Pa Pa Pa” compartilha a memória, resistência e homenagem aos corpos que assumem gênero fluido e vivem o universo travestido nas ruas e em suas intimidades. A obra expressa reflexões sobre a marginalização e sabotagem dessa realidade através da dança contemporânea – contaminada profundamente por elementos do teatro e da performance.

Em “Dogmado”, o público é convidado à experiência de estar confinado pelo espaço, frente a frente com outros espectadores, sendo provocados a perceber questões como o impulso, a selvageria, o (des)controle e a contenção dos ímpetos de nossos “sagrados e profanos”.

 

 

 PROGRAMAÇÃO

Sede Cia. Cênica (avenida das Hortências, 263 – Jardim dos Seixas)

Dia 6, sexta-feira, 14h: Workshop “Grafias para Expressão Física: O Espaço e Outras Mídias”

Dia 7, sábado, 20h: “Lembranças Recortadas Pa Pa Pa”

Dia 8, domingo, 20h: “Dogmado”

 Centro Cultural Vasco (rua São João, 1840 – Boa Vista)

Dia 27, sexta-feira, 14h: Workshop “Grafias para Expressão Física: O Espaço e Outras Mídias”

Dia 28, sábado, 20h: “Lembranças Recortadas Pa Pa Pa”

Dia 29, domingo, 20h: “Dogmado”

 

COMPARTILHE
Artigo anteriorSemana da Criança Feliz, em Olímpia, tem show gratuito de Maisa Silva e Nicholas Torres
Próximo artigoDemétrio Magnoli fala sobre “A ascensão da direita nacionalista e a globalização” , em Rio Preto
Malu
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.