Sesi São José do Rio Preto recebe a montagem “O Capote”

0
47
Sesi São José do Rio Preto recebe a montagem
Sesi São José do Rio Preto recebe a montagem " O Capote"

SESI Rio Preto recebe nos dias 21 e 22 de abril, sexta e sábado, às 20h, a montagem de O Capote.  A obra é inspirada na obra de Nikolai Gogol (1821-1881), um dos principais autores da literatura russa do século XIX. A entrada para as duas apresentações é gratuita e os ingressos podem ser reservados antecipadamente pelo Meu SESI (www.sesisp.org.br/meu-sesi).

Na trama tem adaptação de Drauzio Varella, direção de Yara de Novaes e dramaturgismo de Cássio Pires.

O Capote trata das desventuras de Akaki Akakievitch.  Ele é um escrevente de uma repartição pública de São Petersburgo. Precisa se submeter a severas restrições a fim de conseguir economizar dinheiro para comprar um novo capote (um casaco). Transitando entre o cômico e o trágico, o conto de Gogol é considerado um marco na história da literatura.   Aborda de forma inédita a relação do homem com a metrópole.

Em cena, os atores Rodolfo Vaz, no papel de Akaki.  Rodrigo Fregnan,  Marcelo Villas Boas e a musicista Sarah Assis constroem um jogo em que narrativas, diálogos, música e intervenções em vídeo reinventam as potências do texto original.

 

 

 

 O Capote

Local: Teatro do SESI São José do Rio Preto – Av. Duque de Caxias, 4656, Vila Elvira

 

Datas e horários: 21 e 22 de abril, sexta e sábado, às 20h

Capacidade: 376 lugares 08 para cadeirantes

Duração: 70 minutos

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

Modalidade: Artes Cênicas

Gênero: Comédia Dramática

Informações: (17) 3224-6611

Entrada gratuita – 

Os ingressos remanescentes serão distribuídos 1 hora antes do início do espetáculo.

 

 

 

COMPARTILHE
Artigo anteriorBonde do Tigrão, sucesso dos anos 90, é uma das atrações do Carnafacul
Próximo artigoCasa Berolli se despede de Rio Preto nas redes sociais
Malu
Sou jornalista com MBA em Gestão Empresarial pela FGV. No início da década de 80 atuei no Rádio e no jornal impresso. Como a curiosidade é a alma do bom jornalista, troquei Rio Preto pela mochila. Morei em Berlim, quando esta ainda era ladeado pelo muro, colhi uva nos campos franceses e vivi em Paris. Depois de viajar pela Europa fui morar em um Kibbutz onde conheci meu primeiro marido, um britânico. Na Inglaterra formei-me em catering pelo Southgate Technical College. De volta ao Brasil, fui ser agricultora orgânica e passei a assinar uma coluna sobre alimentação no Diário da Região. Em 99 nasceu a “Talk Club Assessoria”, uma das primeiras agências de assessoria de imprensa de Rio Preto. Durante uma década a empresa atendeu grandes clientes. Acompanhando o mercado a “Talk Club” se transformou em uma produtora de vídeo, e tem como sócio o cinegrafista e diretor de arte Luis Soares, meu atual marido. Em outubro 2007, criamos o primeiro programa de TV o “ Maturidade Feliz” Programa este que alcançou nível nacional, em 2010, na Rede Vida de Televisão. No final de novembro de 2010 surgiu o “ Malu Rodrigues Visita”, um programa de jornalismo social.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here